logo

slogan

ufscar

Cadastre-se e receba as novidades sobre a Agência Inovação da UFSCar por e-mail
parceiros_top

failogopequeno

 

fortec

 

inpi

 

parceiros_bottom

Redes Sociais

face twitter youtube

Os dados que mostram uma situação mais grave que a oficial

Qui, 30 de Abril de 2020 14:23

Brasil é um dos países com mais casos do novo coronavírus que menos testa sua população. Ministro Nelson Teich fala em aplicar exames em amostras para conhecer alcance da doença

 

Dois meses após o registro do primeiro caso do novo coronavírus no Brasil, em 25 de fevereiro, a situação da pandemia no país ainda é desconhecida pelas autoridades sanitárias. Esse quadro, que dificulta a elaboração de planos de combate à doença, resulta da falta de testes que confirmem a infecção em suspeitos de terem contraído o vírus.

 

Até meados de março, a prioridade no país era testar pessoas com sintomas da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, que tinham viajado para locais onde o coronavírus circulava. No dia 20 daquele mês, o governo reconheceu que já havia transmissão comunitária, ou seja, a contaminação estava ocorrendo dentro do Brasil sem que se conhecesse o transmissor. Devido à falta de testes por conta da dificuldade em comprá-los no exterior, eles continuaram sendo aplicados apenas em pacientes em estado grave.

 

Fonte: Jornal da Ciência, 27/04/2020, com informações da Nexo

 
free poker
logo_rodape
Agência de Inovação da UFSCar - Rodovia Washington Luís, km 235 - Caixa Postal 147 CEP: 13565-905
São Carlos, SP - Brasil - Tel: (16) 3351.9040 - inovacao@ufscar.brmaps
mapa