logo

slogan

ufscar

Cadastre-se e receba as novidades sobre a Agência Inovação da UFSCar por e-mail
parceiros_top

failogopequeno

 

fortec

 

inpi

 

parceiros_bottom

Redes Sociais

face twitter youtube

Faperj anuncia a liberação de R$ 30 milhões para pesquisa sobre a covid-19

Qua, 01 de Abril de 2020 09:53

A direção da Faperj anunciou, nessa quinta (26/3), o lançamento de chamada emergencial destinada apoiar a pesquisa sobre a covid-19. A iniciativa é uma parceria da Secretaria de Estado da Saúde (SES) com a Faperj. Poderão participar Instituições de Ensino e Pesquisa no RJ, startups e MPMEs

 

A direção da Faperj anunciou nesta quinta-feira, dia 26 de março, o lançamento de chamada emergencial destinada apoiar a pesquisa de Covid-19. A iniciativa é uma parceria da Secretaria de Estado da Saúde (SES) com a FAPERJ. Poderão participar instituições de Ensino, Pesquisa no Estado do Rio de Janeiro, startups, micro, pequenas e médias empresas. Intitulada Ação Emergencial Projetos para Combater os Efeitos da Covid-19 – Parceria FAPERJ/SES – 2020, a iniciativa lança simultaneamente (no mesmo documento), três chamadas: Apoio a Rede de Pesquisa em Vírus Emergentes e Reemergentes (Chamada A); Apoio a Projetos já concedidos e contratados em Editais da FAPERJ (Chamada B): e Apoio a Projetos em rede a serem financiados com recursos da FAPERJ em parceria com a SES (Chamada C). No total, serão disponibilizados R$ 30 milhões para os projetos aprovados.

 

De acordo com o presidente da FAPERJ, Jerson Lima Silva, o objetivo é dar continuidade aos trabalhos das redes de viroses emergentes e reemergentes, e financiar o estudo da Covid-19 e seu agente etiológico, o vírus da SARS-CoV-2 (síndrome respiratória aguda grave 2), abrangendo diversos aspectos: genômica do vírus, fisiopatologia da doença, aspectos clínicos, diagnóstico da doença, epidemiologia, interação vírus-hospedeiro, desenvolvimento de kits-diagnóstico, controle e enfrentamento da doença, soluções inovadoras para ampliar a obtenção de insumos como máscaras, álcool em gel, respiradores, entre outros.

 

Os recursos financeiros poderão ser utilizados para o estabelecimento e melhoria de infraestrutura e despesas de custeio previstas em projetos de pesquisa apresentados por pesquisadores com vínculo empregatício ou estatutário em instituições de ensino e pesquisa do Rio de Janeiro e para desenvolvimento de novos equipamentos e insumos por startups, micro, pequenas e médias empresas sediadas no Estado do Rio de Janeiro.

 

Chamadas contemplam três modalidades de apoio

 

As chamadas A e B darão continuidade ao financiamento de redes em viroses emergentes e reemergentes, através de projetos em andamento, científicos ou tecnológicos, projetos de startups, micro, pequena e média empresas. A Chamada A contemplará a rede de Arboviroses (que passará a estudar vírus emergentes e reemergentes, como o COVID-19); a Chamada B, para projetos já concedidos, e para o qual poderão ser solicitados novos recursos com a inclusão de novas linhas de pesquisa.

 

A Chamada C se destinará à formação de até seis redes de pesquisa: 1) Controle da Epidemia no Estado do Rio de Janeiro e Brasil; 2) Diagnóstico molecular e sorológico do SARS-CoV-2/desenvolvimentos de testes; 3) Apoio a adequação e melhoria das instalações de laboratórios nível 3 (NB3) no Estado do Rio de Janeiro; 4) Estudos clínicos prospectivos colaborativos em COVID-19; 5) Epidemiologia da infecção do SARS-CoV-2 no Estado do Rio de Janeiro; e 6) Projetos de startups, micro, pequenas e médias empresas sediadas no Estado do Rio de Janeiro.

 

São elegíveis como proponentes pesquisadores e/ou equipes formadas por um conjunto de pesquisadores com vínculo empregatício ou estatutário com Instituições de Ensino e Pesquisa e empresas sediadas no Estado do Rio de Janeiro. No caso de Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME), os proponentes elegíveis são pessoas físicas, e deverão ser o responsável legal formalmente designado em seu estatuto ou algum outro funcionário da empresa designado pelo responsável legal da MPME ao qual o projeto esteja vinculado. Já no caso de startups que não tenham constituída sua personalidade jurídica, os proponentes elegíveis são pessoas físicas responsáveis pelo projeto.

 

Serão alocados R$ 25 milhões, assim divididos: R$ 6 milhões para a CHAMADA A; R$ 9 milhões para a CHAMADA B; e R$ 9,8 milhões para a CHAMADA C. R$ 5 milhões são provenientes da Secretaria de Estado de Saúde (SES) e o restante é proveniente da FAPERJ. Os recursos serão pagos em única parcela na CHAMADA B e 2 (duas) parcelas na CHAMADA C. A critério da diretoria da Fundação, o total concedido pode chegar a R$ 32 milhões.

 

Prazos:

Lançamento da chamada: 26/03/2020

Submissão de propostas on-line

CHAMADA A – a partir de 26/03/2020 em fluxo contínuo

CHAMADA B – a partir de 26/03/2020 em fluxo contínuo

CHAMADA C – de 26/03/2020 a 14/04/2020

Divulgação dos resultados: a partir de 02/05/2020

 

Confira a íntegra da chamada abaixo:

 

Ação Emergencial Projetos para Combater os Efeitos da Covid-19 – Parceria Faperj/Ses – 2020

 

Fonte: Jornal da Ciência, 27/03/2020, com informações da Faperj

 
free poker
logo_rodape
Agência de Inovação da UFSCar - Rodovia Washington Luís, km 235 - Caixa Postal 147 CEP: 13565-905
São Carlos, SP - Brasil - Tel: (16) 3351.9040 - inovacao@ufscar.brmaps
mapa