logo

slogan

ufscar

Cadastre-se e receba as novidades sobre a Agência Inovação da UFSCar por e-mail
parceiros_top

failogopequeno

 

fortec

 

inpi

 

parceiros_bottom

Redes Sociais

face twitter youtube

Universidades públicas e o desenvolvimento do Estado

Ter, 01 de Outubro de 2019 14:08

“O impacto gerado por USP, Unicamp e Unesp evidenciam que o investimento nessas instituições produz resultados”, comenta Hernan Chaimovich, professor emérito da USP e ex-presidente do CNPq, em artigo para o Estado de S. Paulo

 

O papel da Unesp, da Unicamp e da USP no perfil socioeconômico das cidades do Estado de São Paulo, onde elas têm sede, é raramente levado em consideração. As três universidades públicas estaduais paulistas são financiadas pelo contribuinte do Estado e, como esperado, as prestações anuais de contas financeiras das três instituições são aprovadas regularmente por todos os órgãos de controle do Estado.

 

As três universidades vêm demonstrando que sua produtividade aumenta continuamente desde a decretação da sua autonomia com vinculação do orçamento ao ICMS, em 1989, por fatores que superam, em muito, a variação do financiamento e a produtividade do trabalho no País. Nestes 30 anos os títulos concedidos na graduação mais que dobraram, os diplomas de pós-graduação aumentaram quase 400% e as publicações científicas se multiplicaram quase 20 vezes. O impacto intelectual, econômico e social da produção acadêmica, a qualidade dos profissionais, mestres e doutores formados pelas três universidades e a plêiade de serviços prestados, que vão da atenção médica até a produção artística, evidenciam qualitativa e quantitativamente que o investimento produz resultados. Estes dados, porém, refletem só uma parte do impacto cultural, social e econômico das três universidades públicas do Estado.

 

Por exemplo, não se concebe a região da grande Campinas, por muitos considerada o Vale do Silício tupiniquim, sem a pesquisa e os profissionais formados pela Unicamp. O ecossistema de alta tecnologia que nasceu na região não teria se desenvolvido sem o ambiente determinado pela presença do campus da universidade. São Carlos é outro exemplo: é impossível imaginar a pujança agrícola e industrial da comarca sem os campi da Universidade de São Paulo. O sucesso do investimento privado em pesquisa agropecuária, evidente em São Paulo, seria impossível sem a investigação e os cientistas da Escola Superior de Agricultura da USP. O peso da Unesp na economia, e sua contribuição para o (alto) perfil socioeconômico do Estado, é também explícito em Bauru, Jaboticabal e Araraquara. Os exemplos se multiplicam em Ribeirão Preto, Lorena e por aí afora.

 

Fonte: Jornal da Ciência, 27/09/2019, com informações de O Estado de S. Paulo

 
free poker
logo_rodape
Agência de Inovação da UFSCar - Rodovia Washington Luís, km 235 - Caixa Postal 147 CEP: 13565-905
São Carlos, SP - Brasil - Tel: (16) 3351.9040 - inovacao@ufscar.brmaps
mapa