logo

slogan

ufscar

Cadastre-se e receba as novidades sobre a Agência Inovação da UFSCar por e-mail
parceiros_top

failogopequeno

 

fortec

 

inpi

 

parceiros_bottom

Redes Sociais

face twitter youtube

Como o contingenciamento afeta o projeto Sirius, o mais ambicioso da ciência brasileira

Ter, 01 de Outubro de 2019 13:56

Com capacidade para 40 estações de pesquisa, o Sirius estrearia com 13 em 2020. Limitações orçamentárias forçaram, porém, a reformulação do cronograma

 

O Brasil aspira a se situar na vanguarda da ciência mundial com seu acelerador de partículas de quarta geração, um ambicioso projeto que, em sua fase final de construção, depara-se com a realidade dos cortes orçamentários estatais.

 

O Sirius, cujo nome é inspirado na estrela mais brilhante vista a olho nu no céu noturno, é o projeto mais ambicioso da ciência nacional e está situado no Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas (SP).

 

Entenda o Sirius, o novo acelerador de partículas do Brasil

 

Sua peça central é um anel de 518 metros de circunferência, no qual elétrons giram a altíssima velocidade e emitem a luz síncrotron, espécie de raio X muito potente que permite atravessar materiais para ver sua composição em detalhe.

 

Fonte: Jornal da Ciência, 27/09/2019, com informações de G1

 
free poker
logo_rodape
Agência de Inovação da UFSCar - Rodovia Washington Luís, km 235 - Caixa Postal 147 CEP: 13565-905
São Carlos, SP - Brasil - Tel: (16) 3351.9040 - inovacao@ufscar.brmaps
mapa