logo

slogan

ufscar

Cadastre-se e receba as novidades sobre a Agência Inovação da UFSCar por e-mail
parceiros_top

failogopequeno

 

fortec

 

inpi

 

parceiros_bottom

Redes Sociais

face twitter youtube

Secretário do MCTIC defende uso da biodiversidade para impulsionar desenvolvimento econômico

Ter, 10 de Setembro de 2019 14:36

Em participação na conferência Bio Latin America, realizada nos dias 3 e 4 de setembro, em São Paulo, o secretário de Políticas para Formação e Ações Estratégicas do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Marcelo Morales, defendeu as pesquisas com a biodiversidade nacional como forma de impulsionar o desenvolvimento econômico e o mercado de ativos.

 

Segundo Morales, o Brasil possui uma “megabiodiversidade” e é possível aliar as pesquisas nessa área com a conservação e a sustentabilidade. O secretário participou do painel “Salvaguardando a conservação da biodiversidade e apoiando P&D e inovação nos ecossistemas globais”.

 

A secretaria também levou ao evento um estande onde os participantes puderam conhecer e navegar no Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira (SiBBr), que traz dados relevantes sobre a biodiversidade nacional. A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), que dá suporte à manutenção, desenvolvimento e operacionalização do SiBBr, também fez parte da conferência apresentando a plataforma em uma das palestras.

 

Rede Brasil Biotec

 

Morales também falou sobre as redes de pesquisa brasileiras em biodiversidade em outro painel do evento. “Criada em 2018 a Brasil Biotec é parte do esforço deste Ministério na articulação de laboratórios e grupos de pesquisa, com foco na eficiência econômica, na otimização da infraestrutura, na complementaridade de atribuições e na capacidade de inovação com o objetivo integrar ações para o avanço científico e tecnológico do país, especialmente no campo da biotecnologia”, afirmou.

 

Atualmente integram a Rede Brasil Biotec as seguintes redes e associações de pesquisa: Rede de Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia Legal (Bionorte), Rede Nordeste de Biotecnologia (Renorbio), Rede Centro-Oeste de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação (Pró-Centro-Oeste), Associação de Biotecnologia da Região Sul (SulBiotec) e a Rede Nacional de Pesquisa em Biotecnologia Marinha (Biotecmar).

 

Fonte: Portal MCTIC

 
free poker
logo_rodape
Agência de Inovação da UFSCar - Rodovia Washington Luís, km 235 - Caixa Postal 147 CEP: 13565-905
São Carlos, SP - Brasil - Tel: (16) 3351.9040 - inovacao@ufscar.brmaps
mapa