logo

slogan

ufscar

Cadastre-se e receba as novidades sobre a Agência Inovação da UFSCar por e-mail
parceiros_top

failogopequeno

 

fortec

 

inpi

 

parceiros_bottom

Redes Sociais

face twitter youtube

ICB-USP inaugura laboratório NB3 para estudo de parasitoses

Seg, 09 de Setembro de 2019 11:33

O laboratório NB-3, que ficou cinco anos em construção, permite que os pesquisadores trabalhem simultaneamente com patógenos, vetores e hospedeiros vertebrados e desenvolvam experimentos de alta complexidade.

 

No dia 12 de setembro (quinta-feira), das 14h às 17h, o Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP) irá promover um Simpósio Estratégico sobre Biodefesa, em parceria com o Exército brasileiro, para oficializar a inauguração do Laboratório de Biossegurança NB3 do Departamento de Parasitologia. A abertura do evento será realizada pelo diretor do instituto, Luís Carlos de Souza Ferreira, e pelo general Sinclair James Mayer, chefe do escritório do Sistema Defesa-Indústria-Academia (SISDIA) e membro do Conselho Estratégico Consultivo do ICB-USP.

 

O simpósio contará com uma série de palestras de pesquisadores do ICB-USP e membros do Exército, com os seguintes temas: Laboratórios de alto nível de biossegurança na USP: vantagens e necessidades (professor Carsten Wrenger); O papel do Instituto de Biologia do Exército Brasileiro na Biossegurança (major Marcos Dornellas Ribeiro); Biossegurança aplicada à pesquisa acadêmica (professor Edison Luiz Durigon); Terrorismo alimentar (capitã Jacqueline Roberta Soares Salgado); e Sensores de superfície SAWs (Dr. Gustavo Riello).

 

Sobre o laboratório – Trata-se de um ambiente laboratorial destinado à manipulação de microrganismos com nível de biossegurança 3, que possuem alto grau de patogenicidade, oferecendo risco à vida humana e ao meio ambiente. O laboratório é composto por quatro ambientes: Unidade de Artrópodes (vetores); Unidade de Experimentação em Vertebrados (hospedeiros); Unidade de Imagens, que conta com um microscópio de tecnologia de 4D da Zeiss; e a Unidade de Cultura de Células e Tecidos, onde serão realizados os experimentos científicos e de diagnóstico envolvendo amostras humanas.

 

Segundo o pesquisador Carsten Wrenger, do ICB-USP, o grande diferencial do laboratório é a possibilidade de trabalhar simultaneamente com o vetor, o agente infeccioso e o hospedeiro mamífero de uma determinada doença infecciosa. Tudo isso em uma única plataforma, conferindo condições de máxima segurança para desenvolvimento dos projetos.

 

A instalação possui câmaras pressurizadas para garantir a contenção dos patógenos, além de câmeras de segurança, cujas imagens podem ser vistas em uma televisão por quem está dentro do laboratório e também por quem está fora, no corredor. O novo laboratório também possui um sistema de descontaminação de efluentes que é essencial para a preservação e a segurança do meio ambiente. Conta ainda com um moderno sistema de radiação UV para descontaminação do ambiente interno, que só pode ser ativado quando o local estiver vazio.

 

Inicialmente, a instalação será destinada ao estudo da malária, pelo grupo de pesquisa do professor Carsten Wrenger, responsável pelo planejamento e acompanhamento da construção do laboratório; e ao estudo da bactéria intracelular obrigatória Rickettsia rickettsii, que é transmitida ao homem pela picada de carrapatos e causa uma doença altamente letal, a febre maculosa brasileira, pesquisa que será coordenada pelo grupo da professora Andréa Cristina Fogaça. Além de carrapatos, o laboratório está preparado para desenvolver pesquisas envolvendo outros vetores, incluindo aqueles que são alados, como os mosquitos – responsáveis pela transmissão de agentes etiológicos de importantes doenças infecciosas como Dengue, Zika e Chikungunya, além da Malária.

 

Fonte: Acadêmica Agência de Comunicação

 
free poker
logo_rodape
Agência de Inovação da UFSCar - Rodovia Washington Luís, km 235 - Caixa Postal 147 CEP: 13565-905
São Carlos, SP - Brasil - Tel: (16) 3351.9040 - inovacao@ufscar.brmaps
mapa